MTA: Outubro 2012

16ª MOSTRA DE TEATRO DE ALMADA

Desde 1996, a Mostra de Teatro de Almada tem sido o espelho privilegiado das artes performativas desenvolvidas no concelho, dando a ver a profusão e diversidade do seu tecido de criadores e estruturas, e a grande riqueza que reside na pluralidade de estéticas e linguagens, de objectivos e métodos de trabalho. A Mostra tem gerado partilhas e cumplicidades, afectos e sinergias. Muitos dos actuais participantes, organizadores e espectadores da Mostra, fizeram esta caminhada desde o início. Mas outros têm surgido ao longo do caminho, trazendo renovada diversidade e alento. Dezenas de grupos e companhias, muitas centenas de criadores, técnicos e produtores, milhares de participantes e espectadores... Hoje, como sempre, a Mostra de Teatro de Almada é de todos eles.

PROGRAMA

9 NOVEMBRO 2012, SEXTA-FEIRA, ÀS 21H30
RECREIOS DESPORTIVOS DA TRAFARIA


DE AMÉRICO MORGADO, CARLOS ALFREDO AMARAL, JOSÉ TEIXEIRA E XICO BRAGA 
9 NOVEMBRO 2012, SEXTA-FEIRA, A SEGUIR À CONVERSA QUE ASSINALA A ABERTURA DO PROGRAMA
RECREIOS DESPORTIVOS DA TRAFARIA 
M/12


PREGÕES ESTREIA
CRIAÇÃO COLETIVA E DE ANA MARGARIDA PINTO
10 NOVEMBRO 2012, SÁBADO, ÀS 16H00
AUDITÓRIO FERNANDO LOPES-GRAÇA
M/6


ECONOMIA, ECOnomia, ecoNOMIA... 
DE NNT – NÚCLEO NOVO TEATRO EM PARCERIA COM artes e engenhos - associação cultural
10 NOVEMBRO 2012, SÁBADO, ÀS 19H
CASA MUNICIPAL DA JUVENTUDE DE CACILHAS
M/12
  

DE LUÍS GONÇALVES E LUÍS FERREIRA DE CASTRO SOROMENHO
10 NOVEMBRO 2012, SÁBADO, ÀS 21H30
SALÃO DE FESTAS DA SOCIEDADE FILARMÓNICA INCRÍVEL ALMADENSE 
M/6


DE ANDREAS PIPER E JOEL DE OLIVEIRA
11 NOVEMBRO 2012, DOMINGO, ÀS 16H00
CINE INCRÍVEL
M/4


DE EMMA SANTOS
11 NOVEMBRO 2012, DOMINGO, ÀS 21H30
AUDITÓRIO FERNANDO LOPES-GRAÇA
M/16


DE MÁRIO PALMA JORDÃO
14 NOVEMBRO 2012, QUARTA-FEIRA, ÀS 21H30
RECREIOS DESPORTIVOS DA TRAFARIA (ANTIGO CASINO)
M/12
DE ALEXANDRE PIERONI CALADO, A PARTIR DO TEXTO DE PADRE ANTÓNIO VIEIRA
15 NOVEMBRO 2012, QUINTA-FEIRA, ÀS 21H30
AUDITÓRIO FERNANDO LOPES-GRAÇA
M/12


DE NUNO GOMES DOS SANTOS E JOÃO FERNANDO
16 NOVEMBRO 2012, SEXTA-FEIRA, ÀS 21H30
PÁTEO DA PLURICOOP
CLASSIFICAÇÃO A DEFINIR


DE DÁRIO FACAL
17 NOVEMBRO 2012, SÁBADO, ÀS 21H30
AUDITÓRIO FERNANDO LOPES-GRAÇA
M/14


DE FERNANDO JORGE LOPES
18 NOVEMBRO 2012, DOMINGO, ÀS 16H00
TEATRO EXTREMO
M/4


DE GISELA BARROSO E PAULA GUARDADO
18 NOVEMBRO 2012, DOMINGO, ÀS 18H00
AUDITÓRIO FERNANDO LOPES GRAÇA
M/12  


DE FERNANDO REBELO A PARTIR DE TEXTOS DE MILLÔR FERNANDES
19 DE NOVEMBRO 2012, SEGUNDA-FEIRA, ÀS 21H30
SALÃO DE FESTAS DA INCRIVEL ALMADENSE
M/12


DE MIGUEL CASTRO CALDAS
20 NOVEMBRO 2012, TERÇA-FEIRA, ÀS 21H30
SALÃO DE FESTAS DA INCRIVEL ALMADENSE
M/12


DE AFONSO GUERREIRO E RUI SILVARES
21 NOVEMBRO 2012, QUARTA-FEIRA, ÀS 21H30
CENTRO CULTURAL E JUVENIL DE SANTO AMARO (CASA AMARELA)
M/12


DE ANA F. GOUVEIA, ANGELA RIBEIRO, CATARINA PÉ-CURTO E JOANA SABALA
22 NOVEMBRO 2012, QUINTA-FEIRA, ÀS 21H30
AUDITÓRIO FERNANDO LOPES-GRAÇA  
M/6


DE JOÃO FERREIRA, MARIA DA PIEDADE, MADALENA E CAROLINA THADEU
23 NOVEMBRO 2012, SEXTA-FEIRA, ÀS 21H30
CASA MUNICIPAL DA JUVENTUDE DE CACILHAS
M/12


DE MARINA NABAIS A PARTIR DE OURIÇO DO MAR DOS IRMÃOS GRIMM
24 NOVEMBRO 2012, SÁBADO, ÀS 11H00
BIBLIOTECA MUNICIPAL JOSÉ SARAMAGO
M/6


DE JACK LONDON
24 NOVEMBRO 2012, SÁBADO, ÀS 21H30
AUDITÓRIO FERNANDO LOPES-GRAÇA
M/12



ZUKUNFT  ZUK IN AN AMBIENTAL LIVE ACT
ESPETÁCULO MULTIDISCIPLINAR VIDEO/MÚSICA/ POESIA
23 NOVEMBRO 2012, SEXTA, ÀS 23H00
CASA MUNICIPAL DA JUVENTUDE DE CACILHAS – PONTO DE ENCONTRO
M/12

WORKSHOP DE VOZ, DICÇÃO E POESIA
DIRIGIDO POR YOLANDA ALVES - TEATRO DE PAPEL
24 NOVEMBRO 2012, SÁBADO, DAS 17H00 ÀS 19H00
25 NOVEMBRO 2012, DOMINGO, DAS 17H00 ÀS 20H00
SOLAR DOS ZAGALLOS
ACESSO LIVRE (MÁXIMO: 16 PARTICIPANTES)
M/16

GITT - GRUPO DE INICIAÇÃO TEATRAL DA TRAFARIA

O BIFE ESTREIA
BASEADO NO CONTO A PIECE OF STEAK
DE JACK LONDON
24 NOVEMBRO, SÁBADO, ÀS 21H30
AUDITÓRIO FERNANDO LOPES-GRAÇA
M/12

Encenação e Dramaturgia Claudia Negrão

Figurinos Sara Torrado
Cenografia Hugo Migata, Pedro Medeiros
Interpretação Adriano Carvalho, Cláudia Negrão

Jack London iniciou esta pequena história (A Piece of Steak) a 15 de Maio de 1909 e terminou a 2 de Junho de 1909. Em Outubro de 1909 recebeu 5 dólares pela sua publicação. Foi publicado no The Saturday Evening Post, a 20 de Novembro de 1909.


Um pugilista em fim de carreira aos 40 anos. Uma vida de lutas ganhas destruíram-lhe a vitalidade e neste momento não lhe resta senão a sabedoria do ringue. Contudo a necessidade de ganhar dinheiro impõe-lhe mais um combate que ele tem terá que travar. Desta vez com um adversário que não é somente um outro homem igual a ele mas sim uma juventude possante e determinada a vencer. Um texto que procura a reflexão sobre temas tão atuais como a velhice e a pobreza, o desespero a família e o desemprego.


SOBRE O GRUPO (http://gitt.do.sapo.pt/)

O GITT é um grupo de teatro amador e independente, que encontrou nos Recreios Desportivos da Trafaria a compreensão e o apoio para que nas suas instalações pudesse desenvolver toda a sua atividade desde a sua fundação até a presente data, com a apresentação de um total de 374 espetáculos, em várias localidades. Entre atores, cenógrafos, encenadores e técnicos, já passaram pelo GITT mais de uma centena de pessoas, que estiveram ou ainda estão ligadas ao teatro profissional.

GITT - GRUPO DE INICIAÇÃO TEATRAL DA TRAFARIA


O BIFE BASEADO NO CONTO A PIECE OF STEAK ESTREIA
DE JACK LONDON
24 NOVEMBRO, SÁBADO, ÀS 21H30
AUDITÓRIO FERNANDO LOPES-GRAÇA
M/12
Encenação e Dramaturgia Claudia Negrão

Figurinos Sara Torrado
Cenografia Hugo Migata, Pedro Medeiros
Interpretação Adriano Carvalho, Cláudia Negrão

Jack London iniciou esta pequena história (A piece of Steak) a 15 de Maio de 1909 e terminou 2 de Junho de 1909. Em Outubro de 1909 recebeu 5 dólares pela sua publicação. Foi publicado no The Saturday Evening Post, vol. 182, November 20, 1909. 182 de 20 de Novembro de 1909.

Um pugilista em fim de carreira aos 40 anos. Uma vida de lutas ganhas destruíram-lhe a vitalidade e neste momento não lhe resta senão a sabedoria do ringue. Contudo a necessidade de ganhar dinheiro impõe-lhe mais um combate que ele tem terá que travar. Desta vez com um adversário que não é somente um outro homem igual a ele mas sim uma juventude possante e determinada a vencer. Um texto que procura a reflexão sobre temas tão atuais como a velhice e a pobreza, o desespero a família e o desemprego.

SOBRE O GRUPO (http://gitt.do.sapo.pt/)
O GITT é um grupo de teatro amador e independente, que encontrou nos Recreios Desportivos da Trafaria a compreensão e o apoio para que nas suas instalações pudesse desenvolver toda a sua atividade desde a sua fundação até a presente data, com a apresentação de um total de 374 espetáculos, em várias localidades. Entre atores, cenógrafos, encenadores e técnicos, já passaram pelo GITT mais de uma centena de pessoas, que estiveram ou ainda estão ligadas ao teatro profissional.



ATIVIDADES COMPLEMENTARES


ZUKUNFT  ZUK IN AN AMBIENTAL LIVE ACT
ESPETÁCULO MULTIDISCIPLINAR VIDEO/MÚSICA/ POESIA
23 NOVEMBRO, SEXTA, ÀS 23H00
CASA MUNICIPAL DA JUVENTUDE DE CACILHAS – PONTO DE ENCONTRO
M/12

Zukunft  Zuk in an Ambiental Live Act é um espetáculo multidisciplinar de Vídeo/Música/Poesia, porque acreditamos na necessidade de definir uma liberdade que não se pratique só na palavra. Através de um filme acompanhado por música ao vivo, que deambula entre o Nu-Jazz e o Ambiental, e pela palavra dita, relata-se o contínuo procurar de sensações que nos transportam a locais e momentos íntimos.


WORKSHOP DE VOZ, DICÇÃO E POESIA
DIRIGIDO POR YOLANDA ALVES - TEATRO DE PAPEL
24 NOVEMBRO, SÁBADO, DAS 17H00 ÀS 19H00
25 NOVEMBRO, DOMINGO, DAS 17H00 ÀS 20H00
SOLAR DOS ZAGALLOS
ACESSO LIVRE (MÁXIMO: 16 PARTICIPANTES)
M/16

”É preciso saber ler para além do que está escrito.”
(Autor desconhecido)

Esta arte de bem dizer e ler poesia faz todo o sentido uma vez que a matéria-prima do poeta é a palavra. Impõe-se portanto um trabalho cuidado ao nível da voz e dicção através da técnica da respiração correta e de uma postura equilibrada. Por outro lado, sentir, compreender e analisar alguns dos mais belos poemas de interessantes autores em oportunidades como esta não se pode desperdiçar, pois como disse Teixeira de Pascoaes “Sem Poesia não há Humanidade. É ela a mais a profunda e a mais etérea manifestação da nossa alma".

Notas: As inscrições deverão ser feitas junto da Divisão de Ação Sociocultural, via telefone: 21 273 8102. Os participantes poderão levar livros de poemas ou referências de poetas preferidos.

OBJECTIVOS DO WORKSHOP
Trabalhar a colocação e projeção da voz;
Trabalhar a dicção;
Trabalhar a entoação e a interpretação das palavras;
Trabalhar a emotividade das palavras;
Dizer poesia com naturalidade;
Despertar os sentidos;
Partilhar poemas e poetas.

a menina dos meus olhos, associação cultural


NOTOCORDA ESTREIA
DE MARINA NABAIS A PARTIR DE OURIÇO DO MAR DOS IRMÃOS GRIMM
24 NOVEMBRO, SÁBADO, ÀS 11H00
BIBLIOTECA MUNICIPAL JOSÉ SARAMAGO
M/6

Coreografia,  Interpretação, Figurinos, Som  e Cenografia Marina Nabais
Música João Morais
Produção Executiva Marina Nabais

Como se conta um conto com o Corpo?

Começando pela Notocorda, essa estrutura de origem endodérmica que se encontra no embrião de todos os vertebrados. No embrião humano, ela serve de base à formação da coluna vertebral, que é aqui metáfora para a criação de uma estrutura…

Notocorda é uma pequena peça para ser apresentada num ambiente de envolvência e grande proximidade com o público, onde o desenho coreográfico vai sendo traçado pela linha de uma notocorda – a da bailarina – por relação ao espetador.

a menina dos meus olhos é uma associação cultural sem fins lucrativos, criada em Outubro de 2003, que pretende, através de produções de espetáculos de dança, co-produções com artistas independentes das artes visuais/multimédia e artesanato, bem como através de parcerias com associações similares, promover o desenvolvimento das artes performativas, de novas linguagens e expressões artísticas. Atendendo ao contexto da expressão e criação artísticas contemporâneo, em que é cada vez mais improvável encontrar disciplinas estanques, as produções da menina dos meus olhos afirmam-se sobretudo como fusões artísticas, sendo a dança o principal veículo agregador. Outra das vertentes de desenvolvimento desta organização é a educação artística para a comunidade - crianças, adolescentes, adultos e idosos. Nesta medida, procura-se conjugar a visualização de espetáculos e o contacto com artistas, através de conversas pré e/ou pós-espectáculo e através de ateliers, proporcionando “tempo cultural” a comunidades que muitas vezes não têm essa possibilidade.

artes e engenhos - associação cultural


AOS MEUS AVÓS
DE JOÃO FERREIRA, MARIA DA PIEDADE, MADALENA E CAROLINA THADEU
23 NOVEMBRO, SEXTA-FEIRA, ÀS 21H30
CASA MUNICIPAL DA JUVENTUDE DE CACILHAS
M/12

Encenação e Dramaturgia Sandra Hung
Interpretação Carolina Thadeu
Figurinos artes e engenhos – associação cultural
Fotografia Carolina Thadeu, Sofia Caetano
Grafismo e Desenho de Luz Carolina Thadeu
Operação de Luz e Operação de Som Sandra Hung
Som João Santinha
Cenografia Joana Martins
Coreografia Sandra Hung
Música João Santinha
Vídeo Sofia Caetano, Nuno Loução
Produção Executiva artes e engenhos – associação cultural

No Ano Europeu do Envelhecimento Ativo e da Solidariedade entre Gerações a artes e engenhos – associação cultural apresenta Aos meus Avós. Espetáculo teatral que mescla o documental e o ficcional, centrado na biografia da atriz e dos seus avós. Elaborado a partir de narrativas, memórias e registos audiovisuais dos avós da atriz, em diálogo com uma maquete das respectivas cidades de origem, propondo uma dicotomia campo/cidade.

Uma homenagem aos avós. Uma atriz que emerge duma maquete. Um encontro entre dois caminhos distintos que cooperam e convergem para a mesma existência

Os criativos e elenco conversam com o público a seguir ao espectáculo.


SOBRE O GRUPO (http://artesengenhos.blogspot.pt/)
artes e engenhos – associação cultural é uma associação sem fins lucrativos, fundada em 2000 e sediada no atual Campus Universitário da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa. Conta com um núcleo forte de artistas de teatro, integram ainda a associação médicos, engenheiros, arquitetos, artistas plásticos, fotógrafos, realizadores e designers. Actividade de carácter transdisciplinar, orientada para os âmbitos da criação e investigação teatral, do nexo arte-ciência, e da intervenção comunitária